Etiquetas

Dentro de oito dias abre na Ata­laia, Amora, Seixal, a 46.ª edição da Festa do Avante!, que de­cor­rerá a 2, 3 e 4 de Se­tembro, para três dias únicos de con­vívio, ami­zade e fra­ter­ni­dade.

Três dias de va­lo­ri­zação das artes e da cul­tura, onde a mú­sica por­tu­guesa tem desde sempre lugar de des­taque, e onde re­gressam es­pec­tá­culos de ou­tras ori­gens – An­gola, Bél­gica, Brasil, Cabo Verde, Cuba, França, Gana, Lí­bano e ou­tras pa­ra­gens.

Em que, pela mão da Or­questra Sin­fo­ni­etta de Lisboa, a mú­sica sin­fó­nica abre a Festa com o grande con­certo Mú­sica na Pa­lavra de Sa­ra­mago. Onde todas as mú­sicas têm lugar – mú­sica po­pular por­tu­guesa, afri­cana, fado, jazz, rock, blu­e­grass, hip-hop, mú­sica elec­tró­nica, dois con­certos de ho­me­nagem a Adriano Cor­reia de Oli­veira e muito mais.

Ar­tistas con­sa­grados, es­tre­ando e mos­trando novos tra­ba­lhos, e gente nova entre, os quais os ven­de­dores do Con­curso Novos Va­lores, pro­mo­vido pela JCP, que se mos­tram nos palcos da Festa.

Uma Festa que não se faz apenas de mú­sica: onde têm lugar de des­taque o te­atro, o ci­nema, as artes plás­ticas e a ci­ência. Também o ar­te­sa­nato e a gas­tro­nomia, dando o mote para o con­vívio.

Onde tem lugar o des­porto nas suas múl­ti­plas e va­ri­adas ex­pres­sões, pro­mo­vendo o exer­cício fí­sico, a adopção de há­bitos sau­dá­veis e afir­mando o di­reito ao des­porto e onde, após uma in­ter­rupção de dois anos, re­gressa a cor­rida da Festa.

Onde o Es­paço Cri­ança, com a suas som­bras frescas e os seus brin­quedos e es­paços para brincar, é in­tei­ra­mente de­di­cado às cri­anças e aos vi­si­tantes mais jo­vens e onde, a par da pro­gra­mação que por toda a Festa lhes é de­di­cada – do te­atro ao ci­nema, com a Mons­trinha, às ac­ti­vi­dades na Festa do livro, no Es­paço Ci­ência, nos es­pec­tá­culos ou no des­porto – con­firmam a Festa do Avante! como uma festa para todos.

Uma Festa que vale a pena vi­sitar pelo seu pro­grama, mas so­bre­tudo pelo am­bi­ente de fra­ter­ni­dade e ca­ma­ra­dagem que pro­move e es­ti­mula e que nela se vive.

Ami­zade, paz, so­li­da­ri­e­dade
A Festa do Avante! é uma festa para todos. Uma Festa que im­porta di­vulgar e levar mais longe, dar a co­nhecer o seu pro­grama, a sua data e o mag­ní­fico local da sua re­a­li­zação. Mas im­porta, so­bre­tudo, dar a co­nhecer a quem não osabe o que é a Festa do Avante!.

Em que im­porta pro­mover e alargar a venda da EP – En­trada Per­ma­nente, que por 27 euros per­mite en­trar na Festa, par­ti­cipar nos três dias da sua re­a­li­zação e as­sistir a todos os es­pec­tá­culos e eventos que ali ocorrem. E que é, ao mesmo tempo, um im­por­tante tulo de Soli­da­ri­e­dade para com a Festa, para com os seus cons­tru­tores e para com todos aqueles que nela par­ti­cipam.

A Festa do Avante! nunca parou, en­con­trou sempre as res­postas para abrir as suas portas à ju­ven­tude, aos tra­ba­lha­dores e ao povo por­tu­guês, os seus palcos às artes, à cul­tura e a todas as mais di­versas ex­pres­sões ar­tís­ticas. Festa por onde pas­saram quase todos os grandes ar­tistas da mú­sica por­tu­guesa e muitos ou­tros, no plano in­ter­na­ci­onal, que a sentem também como sua, como es­paço onde sempre pu­deram ex­pressar e mos­trar com plena li­ber­dade a sua arte, a sua mú­sica e o seu canto.

Festa pro­mo­vida pelo PCP, com a par­ti­ci­pação de muitos e muitos amigos do Par­tido e da Festa, é uma festa de todos e para todos. É a Festa de Abril e dos seus va­lores. A Festa da ju­ven­tude, dos tra­ba­lha­dores e do povo. É a festa da ami­zade, da paz e da so­li­da­ri­e­dade.

Não há festa como esta!

“Avante!”, 25 de Agosto de 2022