Mais uma medida crucial, é o combate à carência de professores que atinge centenas de milhar de alunos na Escola Pública, vinculando todos os professores com três ou mais anos de tempo de serviço e criando incentivos à sua fixação nas áreas que deles mais carecem. Ao mesmo tempo, é preciso avançar para a contratação de mais 6 mil trabalhadores não docentes até 2023, tal como o reforço de outros profissionais e reduzir o número de alunos por turma e o número de turmas por professor. Na cultura é preciso uma política que assegure condições de trabalho aos seus profissionais e à criação artística, a democratização da cultura e da fruição cultural, concretizando a proposta de 1% do Orçamento do Estado para o sector. 👉Conhece o compromisso em: https://www.cdu.pt/2022/compromisso-e…